11/05/15

Trafulhices minhas

Para começar as férias em grande, tinha de me acontecer algo pouco... usual. Bom, estava a je quase à porta do dentista, ainda a acabar de descer as escadas quando por obra de sabe-se-lá-o-quê dou um mau jeito com o pé que por pouco não me deixa espalhada no chão. Claro que a coisa podia ficar por aqui, fingia que não se passava nada e pronto, mas não. Quando vou a abrir a porta da clínica dou um empurrão à maldita, fazendo um barulho que pôs todos os olhares- logo hoje que a sala de espera estava cheia - sobre mim.

O pior é que estava escrito "Puxe" na porta em letras garrafais. 

1 comentário:

  1. Ahahah o meu namorado passa a vida a empurrar portas que dizem «puxe» e vice-versa xD

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo