14/06/15

Domingar


Defino "domingar" por descansar, não fazer nenhum. E sabe tão bem um dia assim. Ainda por cima, ando com uma pedrada de sono por causa dos medicamentos... malditos sejam.
Só de pensar que quando era mais nova adorava estes dias assim mais nublados para escrever - não sei porquê mas nunca o consigo fazer quando está um sol radioso - e dizia até que um dia ia passar uns meses na Noruega ou na República Checa para escrever um livro. Está bem está, quando senti o frio de Praga escrever foi a última coisa que me passou pela cabeça. 

Bom domingo. Por aqui, espera-me uma semana de muito trabalho. 

4 comentários:

  1. O frio e o inverno tiram a vontade de tudo.
    Não me dou muito bem com os calores de verão, mas quem me tira dias de sol e temperaturas de 25º, tira-me tudo. :)

    ResponderEliminar
  2. Domingo para mim também é sinal de ficar sem fazer nenhum :p boa semana querida *

    ResponderEliminar
  3. Temos a mesma definição de domingo :) E eu adoro estes dias nublados! Adoro mesmo, só me chateia as mudanças drásticas de tempo. Não gosto que num dia esteja um sol divinal e o no outro mal se veja.

    R: Nunca vi Orphan Black mas já vi muita gente a falar bem dessa série!! Talvez seja altura de lhe dar uma oportunidade.

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo