25/06/16

Era uma vez Faro

Tudo começou com um daqueles lembretes do facebook. A minha madrinha partilhou uma memória da primeira vez que fui a Faro. Em Maio de 2014. O meu coração sorriu porque desde então tanto a minha vida como a dela mudara por completo. Em dois anos apenas. 

Antes de 2014, o Algarve para mim era aquele sítio banal onde toda a gente ia passar o mês de Agosto. Não imaginaria nunca que iriam aparecer dois algarvios (portanto, a minha madrinha e o meu padrinho) para revirar a minha vida. E que boa reviravolta, digo-vos já! Se Lisboa viu-me nascer, Faro viu-me crescer. Nesses dois anos, cada vez que lá ia sentia um turbilhão de emoções, era muito mais do que ir visitar uns amigos. Regressava sempre uma pessoa diferente, mesmo sem saber. Nunca me esquecerei do dia em que cheguei à estação de bagagem na mão e tinha dois vultos sorridentes lá ao longe, à minha espera. Eu sei, podia estar a falar de um destino paradisíaco ou da Big Apple, mas não. Estou mesmo a gabar a pequena grande cidade de Faro. Porque também se tornou na minha casa, por ser sempre tão bem acolhida e acarinhada. E, se há coisa que aprendi nestes últimos anos, é que o nosso lar pode ser onde nós quisermos que seja. Em qualquer parte do mundo.

 Em dois anos, mudei de trabalho algumas vezes, saí de casa, tirei a carta de condução, vivi em Faro, viajei pela costa algarvia, conheci um pouco do Norte,  voltei para Lisboa. É certo que não conquistei o mundo mas... não estou nada mal para uma pirralha de 24 anos, hã? :-) A minha madrinha, por sua vez, tem uma linda bébé nos seus braços. 

O regressar a Lisboa é sempre díficil (apesar de amar a capital, atenção!). O familiar nó na garganta na estação rodoviária. O marejar de lágrimas. Mesmo sabendo que voltarei. Sempre. 

É o que dá ser lisboeta de sangue e algarvia de coração. 

8 comentários:

  1. Infelizmente nunca fui a Faro mas também tenho presente a ideia de que , no verão, é uma enchente de "camones". No entanto, sempre que viajo julgo vir sempre uma pessoa diferente. Logo, compreendo-te perfeitamente :)

    NEW OUTFIT POST | Baby Blue.
    ×Pieces Of Me, Blog
    ×@mgouveiaa, instagram
    ×Facebook Official Page

    ResponderEliminar
  2. gosto muito de faro. é uma cidade tao bonita ;)

    beijinho!
    the-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. É onde moro agora, desde Fevereiro. Estou a gostar muito, mas gostava que tivesse um pouco mais de actividade.
    Beijinho* BATIK by Olivia Muniz || FACEBOOK || JASMIM & MESKA, os gatos mais fofos do mundo!

    ResponderEliminar
  4. É verdade que agosto é sempre uma enchente, mas aguenta-se! Mas algarve é mais que o verão e aconselho-te (e a todos, claro) a visitarem em várias alturas do ano!
    Já te sigo! Beijinho ♥

    www.juksmakeup.pt

    ResponderEliminar
  5. Já fui de férias para o Algarve, quando era miúda, mas nunca para Faro. Na verdade, nem tenho grandes recordações disso.
    Mas entendo perfeitamente quando descreves a sensação de lá voltar e de quando tens que vir embora. O nosso lar é onde deixamos o coração =)
    ****

    ResponderEliminar
  6. Já não vou ao Algarve há muitos anos (muitos mesmo, infelizmente), mas sempre adorei! Faro conheço mal, a zona que conheço melhor é Portimão e guardo do Algarve muito boas recordações, algumas das mais felizes da minha vida (=

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogues à mesa

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo