05/06/16

Peripécias das mudanças

Era hora de almoço. Levei o meu boguinhas com algumas tralhas para a casa nova. É complicado estacionar por lá por isso deixei-o com os quatro piscas junto a um café. Afinal, levaria apenas alguns minutos e estavam já muitos carros lá parados, de qualquer das maneiras. 

Tranquei o carro enquanto levava o first round de coisas para a casa. Ia lançada para a segunda fornada de tralhas, agora na bagageira. Pego nos meus pertences e, de forma, a ter as mãos livres coloquei as chaves em cima dos bancos, por uns segundos. Fechei a bagageira. Resultado: um carro trancado com as malditas chaves do carro a acenarem-me no vidro de trás. Estavam ali reluzentes a olharem para mim.

A este cenário acrescentem um calor insuportável. Tive de ligar ao meu pai para me trazer as chaves suplentes e, como não estava estacionada num dos melhores sítios, pedi que viesse de táxi, pois seria bem mais rápido. 
Em uma hora a situação ficou resolvida. Ao contar a situação a um amigo, ele apenas me responde: "Bem... faz parte do teu charme.

Podemos dizer que sim.

6 comentários:

  1. Apagar as aventuras das mudanças =p

    ResponderEliminar
  2. Por acaso isso já não pode acontecer no meu, porque só tranca as portas e a mala com o comando e para aceder à mala as portas têm de estar abertas. Mas o carro "dela" (que já foi da filha e por isso um dia tive que ir daqui a S. Domingos de Rana levar-lhe a chave) faz-me andar sempre alerta. Se fecharmos as portas do carro, a seguir podemos abrir só a tampa da mala e se largarmos a chave dentro da mala, ficamos sem carro. xD

    ResponderEliminar
  3. Muito, muito obrigado querida Catarina! Acredita que é só com este espírito de equipa que eu me mantenho aqui, uma vez que o mundo dos blogs é algo meio solitário.
    Em breve voltarei a Lisboa e, nessa altura, temos de combinar o nosso café. Que te parece? :D

    Ahahaha, ai meu Deus! Quando pensamos que nada deste mal nos possa acontecer é quando acontece mais rápido. Sorte a tua que tinhas chaves suplentes :o

    NEW REVIEW POST | Garnier Ambre Solaire: Natural Bronzer.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  4. Isso era algo que muito facilmente me aconteceria! :D Mas pelo menos tudo acabou bem e ninguém te chateou por estares nesse sítio estacionada :)

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogues à mesa

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo