11/12/16

25, be nice!


Dizem que por trás de um grande homem está uma grande mulher e eu digo que por trás de uma grande mulher está a sua família. Entenda-se por "família" não só os parentes de sangue, como também os de coração. São aquelas pessoas que fazem parte nós, que ficam connosco tanto nos bons como maus momentos, que estão tatuadas no nosso espírito.

Não é todos os dias que se faz 25 anos, um quarto de século. Seria demasiado cliché dizer que o tempo é sacana nestas coisas mas a verdade é que é mesmo. Parece que foi apenas há uns meses que entrei para a Faculdade quando, na realidade, já passaram 8 anos (MEDO!). 

As pessoas dão-me os parabéns mas, muito sinceramente,  não é mim que mos devem dar. Dêem-nos ao meu pai que me criou sozinho e que me continua a fazer sorrir no alto dos seus 70 anos; ao meu melhor amigo que me atura ano após ano, entre muitos abraços e quilómetros; dêem-nos à minha melhor amiga, que me compreende melhor que ninguém - muitas vezes quase por telepatia; à minha irmã de coração e também colega de casa; à minha madrinha que mesmo a 300 km de distância tem sempre palavras para me aquecer o espírito. Dêem-nos às pessoas que vão aparecendo no meu caminho e que me marcam, de uma forma ou de outra. Porque são elas que fazem valer tudo a pena. 

Durante quase toda a minha vida, tinha aquele lema do "lá fora é que é". Por outras palavras, achava que no estrangeiro as coisas eram melhores e, de facto, são. Há melhores condições de trabalho com certeza, não vamos pôr de lado essa hipótese. No entanto, a longo prazo torna-se apenas uma mudança de cenário, porque as emoções são universais assim como os problemas de cada um. Pelo menos para já, estou bem aqui.

Poder celebrar este dia com a minha família ao meu lado, entre danças e sorrisos, com muito amor... é mesmo do melhor que há. Afinal que mais poderia pedir? :-)

5 comentários:

  1. Muitos parabéns a ti e às pessoas que fizeram de ti a pessoa que és :)
    Espero que estejas a ter um dia fantástico!

    ResponderEliminar
  2. Parabéns a ti e a todas as pessoas que fizeram com que foste tu! Nós somos os pequenos pedacinhos das pessoas que nos rodeiam, aquelas mesmo importantes, que gostam realmente de nós e das quais gostamos de volta.
    ***

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogues à mesa

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo