01/12/16



Eu e a minha colega de casa encontrávamo-nos à janela, enquanto ela acabava de fumar o  seu cigarro. Olhei-a nos olhos, sorridente. Dei por mim num estado de  epifania ou então estava apenas feliz, indiferente ao "temos de ir ver a sopa" dela. Ela reparou nisso e retribuíu o olhar, até que me pergunta:

- Então, vais-me beijar?

E pronto. Lá se foi a epifania, saí da bolha, voltei à realidade. Como quiserem chamar.

- Já estragaste tudo. Vamos ver a sopa.

Só oiço as gargalhadas dela atrás de mim.

5 comentários:

  1. Obrigado, querida :) O importante é que estás sempre atenta :')

    Ahahah eu juro que adoro as tuas histórias :P


    NEW TIPS POST | Christmas Gift Guide: For Men And Woman.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  2. Muito bom ahahahah :p

    r: Sim, também acredito que seja isso.

    ResponderEliminar
  3. Tenho a dizer aqui, solenemente, que não és a única a rir-se com a "desgraça alheia". Eu também me ri bem com esta tua história!! Que momento épico =P
    ****

    ResponderEliminar
  4. ahahahahahahah xD brutalíssimo! LOL Bem que estragou ali o clima hein :P

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo