04/08/17

A camisa

 A famosa peça

Acabadinha de chegar a Loulé e saio de casa com o meu melhor amigo. 

- Olha, uma toalha igual à...

Ele pega num trapo velho que estava no chão. 

- É a minha camisa!!! 

- O quê? Mas tens a certeza?

- Tenho! Marca River Island, tamanho XS - respondeu ele com a maior das certezas.

Já eu chorava de tanto rir com o espanto dele.  

- Nem acredito que isto esteve aqui durante 4 dias aqui no chão. Já viste como as pessoas são honestas aqui?

- Ou então a camisa é tão feia que ninguém a quer.

- Não é nada feia!!! 

Fomos para o carro e, por essa altura, já me doía a barriga de tanto rir.

3 comentários:

  1. Muito bom :p ahahaha vamos acreditar que foi mesmo honestidade das pessoas!

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahh!! Oh pá, deixa-o acreditar que as pessoas são mesmo honestas =P
    ***

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo