18/09/17

Cu de sono


Depois de andar dias a trabalhar que nem louca, soube-me pela vida dormir até tarde de manhã - por "tarde" defina-se pelas 10H. Nesse dia, fazia o turno de tarde mas, pelo menos, estava repousada. Depois de fazer a cama, comentei com a minha colega:

- Quando voltar do trabalho, já vai ser hora de dormir outra vez - disse eu, sorridente. 

- E estás feliz por isso? 

De facto. Ao ponto que isto chegou... é preciso ter amor à cama.

2 comentários:

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo