15/03/16

Eu e os aviões


Eu tenho uma pequena pancada por aviões. Desde pequena que os oiço ao de leve e confesso que são a minha banda sonora perfeita nas manhãs frescas com cheiro a Verão ou nos finais de tardes nocturnos e chuvosos. Já quando trabalhava no aeroporto gostava de observá-los (a grande maioria das vezes queria era sair dali depressa para poder ir dormir, mas são pormenores) A primeira vez que andei num tinha 22 anos e estava muito empolgada - na verdade, parecia ser a única passageira atenta às instruções da hospedeira. E adorei a sensação. A melhor parte é sem dúvida a descolagem. Aqueles minutinhos em que o avião está a ganhar velocidade e de súbito, enquanto sustenho a respiração.... perde-se o contacto com o solo e estamos no ar.

Não sei porquê mas associo sempre um sentimento de esperança quando olho para eles. Anything is possible. Tudo pode começar com um avião para um destino qualquer. A aterragem pode ser sinónimo de  regresso a casa mas também de um mar de possibilidades.    

E vocês? Gostam de andar de avião ou nem por isso? :-)

10 comentários:

  1. Eu gosto de os ver descolar, sinto exatamente o que tu sentes de "anything is possible". No entanto não consigo deixar de ficar nervosa quando vou dentro de um, principalmente se estou num lugar perto das asas e dos motores, porque fico sempre a pensar nas mil e uma maneiras de haver uma avaria e nos anos que o avião tem :P Deito sempre um suspiro de alívio quando aterro ahah

    ResponderEliminar
  2. Eu andei a primeira vez de avião à dois anos e morri de medo haha. O meu namorado só se ria comigo eu só perguntava "mas isto é normal? As asas vão cair? Não me digas que vai ter que aterrar de emergência?" Sou um bocado medrosa nestas coisas, mas um dia vou perder o medo (e trazer na mala umas quantas bóias lol)

    ResponderEliminar
  3. Nunca andei, mas quero muito!

    r: É mesmo :/

    ResponderEliminar
  4. Então hás-de experimentar este. É ótimo :D
    Tenho de ir averiguar sobre essa base em pó!!!

    Sim, quero preservar todas as segundas pela eternidade. Fico revigorado :')

    Por incrivel que pareça, só andei uma vez de avião - aquando a minha viagem para Barcelona -, e nunca, em momento algum, estive receoso! É tudo uma questão de não pensar no assunto :D

    NEW TIPS POST | Offers To Your Father
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  5. É-me indiferente =P ando de avião tantas vezes por ano que perco a conta, para mim o avião tornou-se num mero meio de transporte, igual a tantos outros. Mal me sento, adormeço... não gosto da parte da viagem em si, porque estou sempre demasiado ansiosa para chegar ao destino. E já não consigo prestar atenção aos conselhos de segurança, acho que já sei a coreografia e o discurso de cor =P

    ResponderEliminar
  6. Eu sou claustrofóbica, por isso, custa-me imenso andar de avião...fico sempre muito ansiosa, com falta de ar, é horrível...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho o mesmo problema �� e como viajo com alguma frequência tive que aprender algumas estratégias para não me stressar tanto.
      Beijinhos
      Débora | Heidiland

      Eliminar
  7. A parte da descolagem também é a minha preferida!

    ResponderEliminar
  8. Apesar de viajar com relativa frequência não gosto de andar de avião. A claustrofobia é uma doença complicada que não me permite relaxar durante a duração do voo.

    Beijinhos e bons feriados,
    Débora | Heidiland (www.heidiland.blogs.sapo.pt)

    ResponderEliminar
  9. Ando de avião desde os meus 8 anos e apesar de já ter feito mais de uma dezena de viagens de avião, continuo a ficar nervosa. Ao mesmo tempo que sinto que escreveste sobre a descolagem, que a partir dali tudo é possível, até estabilizar fico num frenesim. A aterragem para mim é um stress completo. Agarro-me a qualquer coisa - ou à pessoa que tenho ao lado quando conheço, ou à própria cadeira. Fico mesmo nervosa, basta apanhar uma pequena bolsa de ar ou tremer um bocado e eu já estou com o coração aos pulos. Adoro viajar e até gosto de viajar de avião, mas não consigo deixar de ficar nervosa!

    Aonde (não) estou

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo