16/06/17


Não é que seja obcecada com o peso mas, partir de uma certa idade, é sempre agradável ver um número que não seja demasiado elevado. Há uns tempos fui ao ginásio com a minha colega de casa e, antes de iniciar o treino, pesei-me. 

- Não acredito! Uma semana sem vir malhar e estou mais magra! 

- Deixa-me pesar também! - respondeu a minha amiga. 

Assim que ela se colocou na balança disse:

- Não, há aqui qualquer coisa que não está bem.

Ela desceu da balança e viu que a mesma estava desregulada. Que o maldito ponteiro vermelho não batia certinho no 0KG. 

- Pois, ao teu peso, tens de acrescentar mais 2KG. 

E assim se estraga tudo.

12/06/17

Os mil e um motivos da gratidão


Muitas vezes o sentido de gratidão fala mais alto. Por ter saúde, por ser independente, por ter amigos e família que gostam de mim, mesmo com o meu mau feitio de bosta. Grata por ter aquilo que tenho. Não é que seja religiosa - até porque acredito que quando bater com as botas, terei um tête-à-tête com o diabo - mas, de vez em quando, é agradável ter consciência destas coisas. Dizem que sim :-)

E por aí? Estão gratos pelo quê? 

05/06/17

O melhor do Verão


É poder devorar melancia. Ao lanche, ao pequeno-almoço e, se for preciso, até ao jantar. Ou então beber um sumo de melancia bem fresquinho à beira-mar. É como ter um pedacinho de céu na terra, amo! :D 

Mais alguém?

01/06/17

A eterna criança


Eu, do alto dos meus 25 anos, ainda me considero uma criança. E adoro esse meu espírito. Abracem muito a vossa "criança interior" especialmente hoje :)
Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogues à mesa

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo