01/05/17

Sorriso perfeito?

Há dois anos e meio atrás - mesmo depois de ouvir bichos e lagartos - decidi arriscar e pôr aparelho nos dentes. Teve meses mais chatos que outros, mas nada de mais. A dor varia de pessoa para pessoa. Por fim, o dia chegou. O dia em que removi os quadradinhos de metal da boca. O resultado? Os dentes estão tão lisinhos que quase  parecem falsos! É um grande investimento maaas.... vale a pena. Sem dúvida. 


Mais alguém usou? :-) Sei que a qualidade da foto não é a melhor mas foi a primeira que tirei para mostrar o novo sorriso ao meu pessoal. E digamos que, no dia seguinte, foi complicado parar de andar sorridente!

4 comentários:

  1. tens um sorriso lindo pah :D há investimentos que valem mesmo a pena

    ResponderEliminar
  2. Eu usei e foi um bocadinho mais chato, pelos vistos. Quatro anos e quatro dentes arrancados para os restantes poderem ter espaço suficiente para isto ficar perfeito. Agora muito cuidado com o aparelho de fixação que tem de ser usado. Caso contrário, corres o risco de voltarem a entortar. Fica a dica.

    ResponderEliminar
  3. Há investimentos que, de facto, valem bem a pena! :)

    ResponderEliminar
  4. Eu nunca precisei, herdei os dentes do meu pai e sempre os tive bastante direitos. Mas sou 100% a favor da colocação de aparelho para quem precisa! E antes que me caiam em cima porque "ah pois, és dentista", eu sou dentista e não ortodontista, por isso não ganho nada com os aparelhos =p ficaste com um sorriso lindo (;

    ResponderEliminar

Devaneios Lisboetas. Com tecnologia do Blogger.

Vamos devanear?

devaneioslisboetas@gmail.com

Acerca de mim

A minha foto
"Eu desejava dizer muitas coisas à rapariga que roubava livros, acerca de beleza e brutalidade. Mas o que podia eu dizer-lhe acerca dessas coisas que ela não soubesse já? Queria explicar-lhe que estou constantemente a sobrestimar e a subestimar a raça humana - que raramente me limito a estimá-la. Queria perguntar-lhe como podia a mesma coisa ser tão horrível e tão gloriosa, e as suas palavras e histórias tão nefandas e tão brilhantes", Mark Zusak em " A Rapariga que roubava livros"

Blogues à mesa

Blogging.pt

Blog Portugal

A devanear comigo